A pergunta seguida da resposta é, para mim inevitável. Há muito se discute se há arte nas propagandas ou como tecnologia influencia a arte, desvirtuando-a ou renovando-a. Pois bem, para mim esse é um exemplo de que as teorias mais tradicionais vão todas água abaixo.

propaganda-em-projeção

Com um conceito de arte concensual inexistente, pano pra manga é o que não falta. As discussões tomam vários âmbitos acadêmicos e sociais e geralmente não levam a nada. Simplesmente porque responder uma pergunta básica é praticamente impossível: O que é arte?

O fato é que uma mera propaganda renovou ao ponto de chamar a anteção de inúmeros transeuntes, que ficaram encantados. É praticamente um concenso também que o ‘patrocínio’ mancha a áurea da ‘perfornance’, mas não tira o encanto. Basta ver os olhos de quem estava presente. Ou faça um teste: mostre o vídeo a alguém próximo.

É fato também que nada disso seria possível alguns anos atrás. Tudo porque a tecnologia proporciona coisas inimagináveis. É simplesmente magnífico ver uma propaganda com tecnologia tão bacana ganhando um ar de arte. Veja o vídeo.

Agora, dando os louros, esse é o primeiro experimento da Projection Advertising em Projeção 3D feito na estação Waterloo em Londres. Para saber mais informações, visite o site deles clicando aqui.

Fonte: Comunicação 4×4

•••