01. Para escolher o melhor restaurante para sair ou pedir em domicílio, confira os Cardápio.Net
www.cardapio.net

02. Quando for comprar qualquer coisa não deixe de consultar o site GastarPouco.
www.gastarpouco.com

03. Serviço dos cartórios de todo o Brasil, que permite solicitar documentos via internet:
www.cartorio24horas.com.br/index.php

04. Site de procura e reserva de hotéis em todo o Brasil, por cidade, por faixa de preços, reservas etc.:
www.hotelinsite.com.br

05. Site que permite encontrar o transporte terrestre entre duas cidades, a transportadora, preços e horários:
https://appweb.antt.gov.br/transp/secao_duas_localidades.asp

06. Encontre a Legislação Federal e Estadual por assunto ou por número, além de súmulas dos STF, STJ e TST:

www.soleis.adv.br

07. Tenha a telinha do aeroporto de sua cidade em sua casa,chegadas e partidas:
www.infraero.gov.br/pls/sivnet/voo_top3v.inip_cd_aeroporto_ini=

08. Encontre a melhor operadora para utilizar em suas chamadas telefônicas:
http://sistemas.anatel.gov.br/sipt/Atualizacao/Importante.aspp

09. Encontre a melhor rota entre dois locais em uma mesma cidade ou entre duas cidades, sua distância, além de localizar a rua de sua cidade:
www.mapafacil.com.br

10. Encontre o mapa da rua das cidades, além de localizar cidades:
http://mapas.terra.com.br/Callejero/home.asp

11. Confira as condições das estradas do Brasil, além da distância entre as cidades:
www.dnit.gov.br

12. Caso tenha seu veiculo furtado, antes mesmo de registrar ocorrência na polícia, informe neste site o furto.O comunicado às viaturas da DPRF é imediato:
www.dprf.gov.br/ver.cfmlink==form_alerta

13. Tenha o catálogo telefônico do Brasil inteiro em sua casa. Procure o telefone daquele amigo que estudou contigo no colégio:
www.102web.com.br

14. Confira os melhores cruzeiros,datas, duração,preços, roteiros, etc.:
www.bestpricecruises.com/default.asp

15. Vacina anti-câncer (pele e rins). OBS: ESTA VACINA DEVE SER SOLICITADA PELO MÉDICO ONCOLOGISTA:
www.vacinacontraocancer.com.br/hybricell/home.html

16. Indexador de imagens do Google – captura tudo que é foto e filme de dentro de seu computador e os agrupa, como você desejar:
www.picasa.com

17. Semelhante ao Internet Explorer , porem muito mais rápido e eficiente, e lhe permite adicionar os botões que desejar, ou seja, manipulado como você o desejar:
www.mozilla.org.br/firefox

18. Site de procura, semelhante ao GOOGLE:
www.gurunet.com

19. Site que lhe dá as horas em qualquer lugar do mundo:
www.timeticker.com/main.htm

20. Site que lhe permite fazer pesquisas dentro de livros:
www.a9.com

21. Site que lhe diz tudo do Brasil desde o descobrimento por Cabral:
www.historiadobrasil.com.br

22. Site que o ajuda a conjugar verbos em 102 Idiomas:
www.verbix.com

23. Site de conversão de Unidades:
www.webcalc.com.br/convers ões/area.html

24. Site para envio de e-mails pesados, acima de 50Mb:
www.dropload.com

25. Site para envio de e-mails pesados, sem limite de capacidade:
www.sendthisfile.com

26. Site que calcula qualquer correção desde 1940 até hoje, informando todos os indices disponiveis no mercado financeiro. Grátis para Pessoa Física:
www.debit.com.br

27. Site que lhe permite falar e ver pela internet com outros computadores,ou LHE PERMITE FALAR DE SEU COMPUTADOR COM TELEFONES FIXOS E CELULARES EM QUALQUER LUGAR DO MUNDO GRÁTIS – De computador para computador, voz + imagem. De computador para telefone fixo ou celular:
www.skype.com

28. Site que lhe permite ler jornais e revistas de todo o mundo.
www.indkx.com/index.htm

29. Site de procura de pessoas e empresas nos EUA. Só para achar a pessoa ou a empresa com endereço e telefone-GRATIS. Se quizer levantamento completo de tudo o que a pessoa tem como patrimonio, tudo que teve de problema judicial e financeiro, e outras coisas mais, ai pode custar até US$80,00 com valores intermediarios:
www.ussearch.com/consumer/index.jsp

30. Site de camaras virtuais, funcionando 24 hs por dia ao redor do mundo:
www.earthcam.com

31. Site de mapas que identificam endereços do Brasil inteiro e dá sugestões de rotas: www.ondeestou.com.br

Para não acredita que as propagandas só servem para tomar nosso tempo, perturbar nosso juízo e atrapalhar nosso entretenimento, apresento um vídeo bem interessante à la Pedro Bial. Traz uma reflexão que todos os homens deveriam ter no mundo. É intitulado no Youtube como “Filme Final – The End”. Dá uma espiadinha. 😛

Se a empresa paulista, anunciante da tal peça, a Metal Sinter, faz a parte dela, não posso afirmar, mas podemos garantir que a propaganda faz. Tanto a função de nos levar à reflexão quanto à empatia pela empresa – e por que não?

Voltando para a função da propaganda, quem se atreve a dizer que nenhuma propaganda o entretém, faz rir ou se emocionar? Naturalmente, a propaganda se utiliza de diversas técnicas – cinematográficas, psicológicas, sociais e por aí vai – para nos levar à empatia pela empresa e ao consumo. A emoção é fundamental na propaganda. A razão vem depois – mas vem.

A propaganda entretém.
A propaganda emociona.
A propaganda educa.

E quem poderia esquecer?

A propaganda persuade.

Esse brinquedinho no flash serve para que nós descarreguemos um pouquinho do que sentímos pelo caríssimo ‘amigo’ George W. Bush caindo. Divirtam-se, mas cuidado, pois vicia!

Não poderia deixar de tecer aqui minhas idéias reforçadas após a leitura do post que trata a questão do preconceito contra o nordestino no blog de minha esposa. O post traz o texto do jornalista curitibando Alex Gutemberg entitulado “Um Mundo que Parou no Tempo” que expõe suas impressões acerca do povo do nordeste brasileiro. Sou cearense, mas nem por isso tive preconceito contra o texto dele. Explico o porquê:

Preconceito

Ao observar as manifestações de preconceito, percebi que além da tradicional discriminação contra as “minorias” – e falo da minoria financeira, de poder, não quantitativa ou populacional – existe a discriminação dos discriminados. O que eu quero dizer com isso? Um exemplo cai bem. Assistindo a uma palestra no evento de publicidade e propaganda Comunicar 2004 – acredito que o palestrante tenha sido o Fábio Leão, criação da agência W/Brasil – foi apresentada uma campanha que incluia uma peça do Unibanco. Lembra da “Essa Lúcia Helena do Unibanco mima você demais”? Então, quem falava a famosa frase era uma faxineira com sotaque nordestino. Naturalmente a ofensa logo chegou aos neurônios do público pretensamente cult e não demorou para surgir a pergunta: “Você não considera preconceito por uma faxineira nordestina não?”

Agora sou eu que questiono: Essa pergunta não seria um preconceito contra a profissão? Além disso, puxando um pouquinho na história, o êxodo rural não levou milhões de nordestinos à região sudeste? E a maioria dessas milhões de pessoas conseguiram quais empregos? Gerentes de empresas? É comum nordestinos em profissões menos remuneradas no sudeste, não? É isso que eu denomino, então, discriminação dos discriminados. Tudo é motivo para se sentir discriminado e até discriminar. Por que um negro deve ser chamado de afro-descendente? Não é preconceito contra a própria cor da pele? E a tal ‘cota para negros’ nas universidades, não seria discriminação contra as demais tonalidades de pele?

Sei bem que várias questões aqui são levantadas e que a discussão rende milhares de posts, como possivelmente virão, mas isso deve ser levado em consideração quando pensarmos no preconceito.

Voltando ao texto pseudo-jornalístico de nosso ‘conterrâneo brasileiro’, curitibano, não tive preconceito contra suas palavras e admito que muito do que foi dito é bem verdade. Mas questiono a ele se não há o outro lado da moeda, as qualidades de um povo coroadas com belas paisagens, e até mesmo se o lado da moeda exposto por ele não reluz em sua terra.

Pois bem, vale a leitura do post para reflexão e principalmente para aplaudir a belíssima resposta do pernambucano Paulo André Alves, também jornalista.

O novo Hit Parade do YouTube, The Zimmers, banda formada por 40 idosos britânicos entre 90 e 100 anos, traz contravenções muito interessantes. Vamos assistir primeiro para depois comentarmos:

O vídeo se trata do clipe de uma regravação da música “My Generation”, lançada em 1965 pela banda britânica The Who, dessa vez, pela banda The Zimmers. A banda foi formada por Tim Samuels, que buscava chamar atenção para a situação do 3,5 milhões de idosos ingleses, conquistou rapidamente o topo de hits no YouTube.

Tim Samuels conseguiu apoio de vários profissionais renomados e gravou o single no estúdio Abbey Road, o mesmo dos Beatles – inclusive imitando a capa do álbum de mesmo nome. A proposta, no entanto, é o que mais chama atenção. Imagine você, 40 pessoas que cantavam “Eu espero que eu morra antes de ficar velho” (I hope I die before I get old – trecho de My Generation) cantando a mesma música aos 90, 100 anos, redescobrindo a vontade de viver após anos de abandono e tédio.

Os cartazes que surgem no meio do videoclipe alertam: “I’m bored in Old People Homes” (Eu estou entediada em asilos) / “I’ve not left my flat in three years” (Eu não saí do meu apartamento em três anos) / “Don’t write me off ‘cos i’m 90” (Não me exclua porque tenho 90 anos).

Eles estão falando da geração deles…

Já pensou daqui a 42 anos você cantando com mais 40 idosos “Go lacraia Go lacraia” (Vai lacraia Vai lacraia)? Acho bom escolhermos melhor nosso repertório hoje…

Ou pior. Já pensou daqui a 42 anos você abandonado em um asilo? Acho bom mudarmos nossa cultura em relação aos idosos.

Vamos ver a letra original:

The Zimmers

Letra (Lyric): The Who – My Generation

People try to put us down (talkin’ bout’ my generation)
Just because we get around (talkin’ bout’ my generation)
Things they do look awful c c cold (talkin’ bout’ my generation)
Hope I die before I get old (talkin bout my generation)

My Generation, It’s My Generation baby

Why don’t you all fade away (talkin bout my generation)
And don’t try to dig what we all s s say (talkin bout my generation)
I’m not trying to cause a big sensation (talkin bout my generation)
Just talkin ‘bout my generation (talkin bout my generation)

My Generation, It’s My Generation baby

Why don’t you all fade away (talkin bout my generation)
And don’t try to dig what we all say (talkin bout my generation)
I’m not trying to cause a big sensation (talkin bout my generation)
Just talkin bout my generation (talkin bout my generation)

My Generation, It’s My Generation baby
My, My, My, My Generation

People try to put us down (talkin’ bout’ my generation)
Just because we get around (talkin’ bout’ my generation)
Things they do look awful c c cold (talkin’ bout’ my generation)
Hope I die before I get old (talkin bout my generation)

My Generation, It’s My Generation baby
Talking ‘bout my generation (my generation)

TRADUÇÃO
Minha Geração

As pessoas tentam nos colocar pra baixo (falo da minha geração)
Só porque estamos por todos lados (falo da minha geração)
As coisas que eles fazem parecem terrivelmente frias (falo da minha geração)
Espero morrer antes de ficar velho (falo da minha geração)

Minha geração, essa é a minha geração, baby

Por que vocês todos não desaparecem (falo da minha geração)
E não tentam entender o que nós dizemos (falo da minha geração)
Eu não estou tentando causar uma grande sensação (falo da minha geração)
Só estou falando sobre a minha geração (falo da minha geração)

Minha geração, essa é a minha geração, baby

Por que vocês todos não desaparecem (falo da minha geração)
E não tentam entender o que nós dizemos (falo da minha geração)
Eu não estou tentando causar uma grande sensação (falo da minha geração)
Só estou falando sobre a minha geração (falo da minha geração)

Minha, minha, minha, minha geração

As pessoas tentam nos colocar pra baixo (falo da minha geração)
Só porque estamos por todos lados (falo da minha geração)
As coisas que eles fazem parecem terrivelmente frias (falo da minha geração)
Espero morrer antes de ficar velho (falo da minha geração)

Minha geração, essa é a minha geração, baby
Estou falando sobre a minha geração (minha geração)

Matérias relacionadas:

UOL: Banda de idosos grava The Who e vira sensação na Internet