A partir de hoje começa uma nova era na eterna luta entre consumidor e empresas prepotentes nos tele-atendimentos, o tais CallCenters. É que hoje é o dia em que entra em vigor a nova lei dos Call Centers. Algumas novas regras foram impostas às empresas, que terão que fazer severas alterações nos seus sistemas de SAC para se adaptar. Veja algumas dessas mudanças:

Nova Lei dos CallCenters: O que muda no SAC?

1. A primeira gravação deve orbigatoriamente ter as opções de falar com atendente, reclamar e cancelar o serviço;
2. O tempo de espera máximo deverá ser de um minuto;
3. Não é permitida a transferência da ligação nos casos de reclamação e cancelamento do serviço, o que faz com que todos os canais de atendimento devam estar aptos a realizar o cancelamento;
4. Mesmo que o cliente tenha dúvidas, o cancelamento do serviço deve ser feito imediatamente após a solicitação do cliente;
5. A empresa fica proibidade de pedir que o consumidor repita o que deseja;
6. Estão proibidos os anúncios nos momentos de espera;
7. O conteúdo da gravação e o histórico de atendimento devem estar disponíveis ao cliente;
8. Todos SAC tem que ficar disponível 24 horas por dia e sete dias por semana;
9. A acessibilidade também é obrigatória. O acesso a pessoas com deficiência auditiva ou de fala deve ser estar assegurado. O.o

Finalmente algum político passou pelos mesmos transtornos que 99% da população brasileira passa cotidianamente nas relações com CallCenters. Agora sim, caso a lei seja posta em prática (o que é excessão e vez de regra no Brasil), será a vingança dos consumidores. ¬¬

Veja um pouco mais sobre isso:

Saiba mais no Jornal OPovo.

•••