Uma das coisas que se vê com maior freqüência no jornal Diário do Nordeste é erro. Flagrei um hoje no site do jornal. Na capa do site tem a notícia “Ingrid iniciou ´corrida para a morte´, diz filho” e, no ‘abre’ – termo jornalístico -, é informado que a notícia está situada está no caderno do AUTOMÓVEL.



Diário do Nordeste: Erro!


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Tem tudo a ver, não? Corrida, automóvel.



Diário do Nordeste: Erro!


PutsGrilo!
hehehe… 😛

[UPDATE]

Depois da publicação deste artigo, o site corrigiu o erro e incluiu “INTERNACIONAL” em vez de “AUTOMÓVEL”. 😛 O jornalismo e a Ingrid Bettancourt agradecem.

Diário do Nordeste: Erro!

1 comentário

  1. Justice
    17/03/2014 às 4:03 am [+]

    Fae7a as perguntas que quesir… E se me quesir perguntar mais coisas, je1 criei entretanto o meu prf3prio .O Alex Jones e9 muito bom no aspecto das entrevistas. Pois ele, melhor que ningue9m, consegue entrevistar, no seu programa de re1dio, muita gente que tem muita coisa importante a dizer. Agora quanto ao que ele prf3prio tem a dizer… c9 preciso ter muito cuidado. Pois desde que tive o meu primeiro contacto com o seu trabalho em 2003 que o tenho repetidamente apanhado a dizer coisas que ne3o se3o verdade. O que recomendo a toda a gente que o ouve – ne3o sf3 a ele, mas a qualquer pessoa que investiga este tipo de coisas – e9 que tentem confirmar (ate9 onde vos e9 possedvel) tudo o que e9 importante por vf3s prf3prios. Eu fae7o isto naturalmente, como consequeancia da minha natureza exigente. Pois recuso-me a acreditar em ve1rias coisas que considero incredveis sem ver as provas por mim prf3prio. Mas a quem ne3o tenha por he1bito fazea-lo, recomendo vivamente que o comece a fazer.Quanto ao Lindsey Williams, se e9 quem eu estou a pensar, que je1 foi tambe9m entrevistado repetidamente no programa do Alex Jones, parece-me ser algue9m a quem e9 dada maioritariamente desinformae7e3o, misturada com alguma informae7e3o real. Sei muito pouco sobre ele. E do muito pouco que me lembro de o ouvir, penso que ele acertava em muito poucas coisas e errava na maior parte das previsf5es que fazia e nas informae7f5es com que avane7ava.A raze3o pela qual Alex Jones, Daniel Estulin, Michael C. Ruppert, e ve1rios outros que andam a expor de modo se9rio o que realmente se passa neste Mundo, ne3o se3o mortos e9, obviamente, porque se tornaram entretanto demasiado visedveis. E, se alguma coisa acontecesse a estas pessoas, isso iria ne3o sf3 validar ainda mais o que estes tinham dito, como atrair ainda mais pessoas para a informae7e3o por estes exposta. A fanica maneira que resta ao poder estabelecido, nesta altura, de combater estas pessoas e9 tentar desacredite1-las e ridicularize1-las. Como tem acontecido muito ao Alex Jones ultimamente, ainda mais agora que ele se este1 a tornar mesmo muito conhecido.