Estreado dia 27 de fevereiro nos Estados Unidos, mas ainda nada de estrear no Brasil. A data prevista era dia 13 de março para estar nas telonas canarinhas, mas ainda não consegui encontrar nenhum cinema exibindo. O que houve? Incógnita.

Filme: Street Fighter - A Lenda de Chun Li

O fato é que o filme parece que veio disposto a acabar com aquele rótulo ridicularizado recebido pelo primeiro filme da franquia, protagonizado por Jean Claude Van Damme e Raul Julia. Embora o filme tivesse uma caracterização bem fiel, a produção deixou muito a desejar.

Mas o novo filme Street Fighter – A Lenda de Chun Li parece estar mais de acordo com a receita de sucesso dos filmes de super herói de hoje em dia: o ambiente sombrio.

SINOPSE
Dessa vez, o enredo gira em torno da história de Chun-Li (interpretada por Kristin Kreuk). Chun Li luta durante o filme em busca de justiça, conforme a história contada quando o jogo era zerado com ela – lembra? Mas dessa vez, diferente do que aconteceu com o primeiro filme da franquia, o estilo será um pouco mais próximo da realidade – como aconteceu com XMen e Batman, o Cavaleiro das Trevas -, embora não perca seu lado sobrenatural.

Os hadoukens são secundários, pois o foco está na essência dos personagens. As histórias por trás das lutas do game ganharam atenção, complexidade e agora passarão a fazer sentido, pois não passavam de histórias paralelas e superficiais. Agora, o mundo de Street Fighter é épico, tem uma longa história, e contará as experiências da cada personagem sem a pretenção de se tornar um desfile de lutadores excêntricos do jogo.

Produzido na Tailândia, o filme tem direção de Andrzej Bartkowiak, roteiro de Justin Marks e produção de Patrick Aiello e Ashok Amritraj. Confira o Trailer em HD de Street Fighter – A Lenda de Chun Li:

5 comentários

  1. antipaz
    09/06/2009 às 9:57 pm [+]

    bem, o filme e bom, nao passa disso, “bom”, porque melhor ou otimo e Street Fhiter 2 com Jean Claude Van Dame. Esse filme que foi lançado agora e uma coisa vazia em termos de luta açao e originalidade dos personagens, deixa mais a desejar que X-men Originais, sem contar que eu nao vi o Guile, Cammy, Riu e Ken, sera que e porque eu nao vi ou porque nao tem mesmo. olha pessoal, se e para contar a historia desde o inicio contratem Maichal Ball, diretor do filme transformes 1 e 2. pelo menos saberemos que os personagens continuaram ali mesmo e nao substituidos por pessoas que querem auto se produzir.

  2. Pistoleirox
    03/07/2009 às 9:23 am [+]

    Uma palavra pra descrever o filme… “Decepção”.
    Eu como grande “viciado” em Street Fighter estava esparançoso de que desta vez a coisa ia.
    Infelizmente o filme é ruim, alguns atores conhecidos, cenas de lutas até q legaizinhas mas no todo uma m… não consegui assistir até o final.
    Aquele polaquinho lá como Bison não colou, fora outros furos que pra quem acompanhou toda a história de Street percebe de cara.

  3. algitec
    19/07/2009 às 12:51 am [+]

    O problema é que fizeram um filme para preparar o próximo. Esse é fraquinho!!!

  4. Rbs
    17/11/2009 às 5:41 pm [+]

    O Filme é péssimo. Deixa a Desejar do início ao fim. os personagens são vazios, nao tem a “originalidade” do jogo. Mr. Bison é totalmente o contrário do que o game demonstra. Os demais personagens nem sequere aparecem ou são citados no filme. Riu é citado no fim do filme…
    Resumindo é um filme nada excitante de se assistir, pecou pela qualidade, sujou o nome do game.

    Vida longa ao Street Fighter 2 com Jean Claude Van Dame e Raul Júlio – esse sim é valeu a pena!!

  5. Lipe
    18/04/2010 às 11:04 pm [+]

    Só algumas coisinhas:
    Chun-Li = n é uma chineza(atriz)
    Ryu = Não aparece
    Ken = Tambem não
    M. Bison = Loiro Playboi e ainda morre pelas maos da Chun-li!(se é que ele chegou mesmo a morrer)
    Balrog = poderia ser mais feio!
    Vega = com cara de thailandez fabricado na china e criado nas filipinas, em outras palavras não é um toreador espanhol(é componente do black eyed peas shaushuahsuhas)(decepção)
    Nash = o cara usa mais as armas do que o braço.
    Maya = Não é a Maya/C. Viper é outra Maya.
    Nenhum dos personagens usaram a roupa do game nem por um instante!
    e pow cadê a cammy?