Globo.com

Cada dia que passa, os blogueiros e jornalistas, apesar a toda a rixa criada, se ajudam mutuamente e acabam aprendendo uns com os outros. Prova disso é o portal Globo.com. Constantemente os blogs viram fontes de suas notícias e sua estrutura se adapta a forma como os blogs são desenvolvidos para conquistar visitantes, como o fazem os blogueiros.

Essa é uma dica da Lady Kafka, autora do blog EitaPíula!net. O sistema de permalinks (os endereços permanentes das páginas) da Globo.com – tanto da GloboEsporte.com, quanto do Ego.Globo.com e do G1.com.br – sempre similar ao dos demais portais, mas mudou por perceber que os blogueiros conseguiram um bom posicionamento nas buscas, o que significa mais leitores.

Em todos os portais, funciona o sistema HTTP:// + www + endereço do portal + / + nome da coluna + / + código da página. Mas a Globo.com inovou entre os portais imitando a plataforma de blogs WordPress. Há algum tempo, eles adotaram essa estrutura e incluíram o nome da notícia no endereço, tal qual nós o fazíamos há tempos. O endereço fica mais ou menos assim: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/0,,MUL749792-9645,00-REBECA+GUSMAO+E+BANIDA+DO+ESPORTE.html

Globo.com: Brincando com os Títulos das Notícias

A brincadeira, no entanto, é que somente agora alguém, provavelmente de forma acidental, descobriu que esse nome da notícia no permalink serve apenas para os mecanismos de busca. Se você removê-lo a página abrirá normalmente. Com isso começaram a brincar inventando, por exemplo o link http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/0,,MUL749792-9645,00-REBECA+GUSMAO+ASSUME+CASO+COM+EDINANCI.html
hehehe…

Faça isso! Pegue notícias do portal, altere o endereço e envie para seus amigos no msn ou orkut para dar um susto neles. Algo como FURACÃO SE APROXIMA DE FORTALEZA ou RISCO DE TSUNAMI NO RIO DE JANEIRO. 😛

•••