Pegar o carro e colocar o pé na estrada é uma das atividades mais prazerosas que se pode ter ao volante. Conhecer novas paisagens, enquanto se ouve suas músicas preferidas ou até mesmo colocando a conversa em dia com seus passageiros é, sem dúvida, motivo suficiente para rodar por aí.

road

Mas de nada adianta ter a melhor companhia do mundo e um possante com tudo em cima se o caminho que vai te levar até seu destino não oferecer a devida segurança. Aí, o que era pra ser prazeroso torna-se perigoso e não vale a pena se arriscar. Aqui selecionamos, com fotos e uma breve descrição, as 10 estradas mais perigosas do mundo. Como muitas vezes elas são o único meio de acesso para certos lugares, elas estão em plena atividade. Dá até calafrios só de olhar algumas imagens. Confira!
1. Rodovia Yunga (Bolívia)

deadly-road-1

deadly-road-2

Estrada que liga a capital La Paz a Coroico, na Amazônia boliviana. Conhecida mundialmente pela triste alcunha de “Estrada da Morte”, a rodovia serpenteia pelas íngremes encostas do Altiplano Boliviano em pista de mão dupla, mas que em muitos lugares mal passa um veículo de cada vez, sem contar as curvas cegas, a falta de guard-rails e o asfalto deteriorado, fatores decisivos para o alto número de fatalidades registradas anualmente, em torno de 200 a 300 mortes.

Em 2006, foi inaugurada uma estrada muito mais moderna ligando La Paz a Coroico passando por um caminho mais seguro. Com essa nova rodovia, o tráfego na Estrada da Morte caiu consideravelmente, mas ela ainda assusta os viajantes que passam pela região.

2. Túnel da Estrada Guoliang (China)

deadly-road-3

deadly-road-4

Nas montanhas Taihang, na província de Hunan (China), uma visão incrível: um túnel de 5 metros de altura por 4 de largura, estendo-se por 1.200 metros, escavado pelos moradores da região, beirando um precipício inacreditavelmente alto. É de se imaginar o perigo presente nessa obra, sem segurança alguma e de estrutura tão aquém dos princípios básicos de engenharia.

3. Estrada de Arica para Iquique (Chile)

deadly-road-5

Nessa estrada chilena, você pode escolher seu apuro favorito. Ziguezagueando pelos vales, você corre o risco de cair por ter seu carro desequilibrado pelo vento, forte e constante na região. Depois dos vales, você chega a um cenário de ficção científica, com um monocromático deserto por todo o resto da viagem. Concentração aqui é essencial, para não ser traído pela hipnose da estrada e correr o risco de sair da estrada por causa de um surto psicótico.

4. Estrada para Yakutsk (Rússia)

deadly-road-6

deadly-road-7

Por incrível que possa parecer, a imagem acima não é a de um rio, mas da Autoestrada Federal que leva o incauto viajante de Moscou, capital da Rússia, até Yakutsk, na Sibéria. Nas fotos, até que ela não está tão ruim. O problema é que no inverno siberiano, que dura 10 longos meses, o caminho se transforma numa verdadeira armadilha. Além das temperaturas baixíssimas enfretadas pelos motoristas, o gelo misturado com o barro transforma a rodovia num imenso lamaçal, prendendo os motoristas num lugar desolador e sujeitos a furtos, roubos e sequestros por parte dos bandidos da região. Mais inóspito, impossível.

5. Autoestrada Sichuan-Tibete (China)

deadly-road-8

Viajando pela autoestrada Sichuan-Tibete, tem-se a impressão de andar no teto do mundo. A estrada, de 2.412 km, parte de Chengdu, na província de Sichuan e vai até Lhasa, no Tibete, atravessando vales, montanhas e dezenas de rios. Lá, anda-se o tempo todo no fio da navalha, à beira de precipícios monstruosos, gelo na pista, visibilidade escassa e curvas fechadas. Pelo menos, nas fotos, a vista é espetacular.

6. Autoestrada James Dalton (Alaska)

deadly-road-9

Mais uma viagem num freezer. A autoestrada James Dalton tem 662 km e fica no extremo norte do Alaska, atravessando a vegetação de tundra do Círculo Polar Ártico. Por interligar as bacias produtoras de petróleo do Alaska, a estrada é tomada por caminhões articulados, que fazem a entrega de suprimentos nos campos de petróleo da Baía de Prudhoe. Por isso, todo cuidado é pouco com as pedras arremessadas pelos pneus desses veículos, que podem facilmente desintegrar um parabrisa ou quebrar um farol. Além disso, a velocidade desses caminhões levantam uma neblina intensa, reduzindo a visibilidade para perto de zero. E sem postos de combustíveis ao longo de quase todo o percurso, é indispensável ir num veículo 4×4, equipado com rádio-comunicador, combustível extra em galões, 2 estepes (no mínimo) e suprimentos para uma emergência.

7. Estrada Patiopoulo-Perdikaki (Grécia)

deadly-road-10

Sem sinalização, sem guard-rails, abismos por toda parte, aderência do asfalto muito ruim. Com essas qualidades, não é de se admirar que a estrada grega figure como uma das mais perigosas do mundo. Além disso tudo, têm os rebanhos de ovelhas, que vez por outra cruzam o caminho dos passantes. Sem nada que delimite o que é estrada ou acostamento, a via se torna especialmente perigosa, com várias mortes registradas através dos anos.

8. Trollstigen (Noruega)

deadly-road-12

cachoeira-stigfossen

A Trollstigen (Escada dos Trolls) localiza-se em Rauma, Noruega e faz parte da Estrada Nacional Norueguesa 63 ligando as localidades de Andalsnes a Valldal. Quase uma atração turística, a estrada conta com inclinação constante de 9º e curvas em cotovelo tão fechadas que veículos com mais de 12,4m são proibidos de trafegar, por questões de segurança. Das estradas mostradas aqui, parece ser a única que não oferece perigo real, desde que tomadas as devidas precauções. Como prêmio ao viajante, no topo da montanha tem um estacionamento com um mirante a 10 minutos de caminhada, de onde se pode observar a boa parte da estrada do alto e a cachoeira Stigfossen, de 320 metros de queda d’água.

9. Estrada A682 (Inglaterra)

deadly-road-13

Considerada a pior estrada da Inglaterra, os pouco mais de 21 km de pista simples entre a junção 13 da autoestrada M65 entre as cidades de Nelson e Long Preston registraram 22 sérios acidentes em três anos, 2 deles fatais. Para padrões ingleses, isso é alarmante.

10. Estrada por Stelvio (Itália)

deadly-road-14

Não se deixe enganar pela paisagem de calendário de padaria da foto acima. Com um visual de tirar o fôlego, essa estrada é considerada a estrada asfaltada mais alta da Europa, ligando Valtellina até o cume do vale Adige, nos Alpes italianos.

Assim como no exemplo norueguês, tomando os cuidados de segurança básicos, a viagem por Stelvio pode passar de uma aventura para um passeio inesquecível.

Fonte: Oddee

11 comentários

  1. Guilherme Furtado
    03/12/2009 às 8:00 am [+]

    deixa eu achar aqui as fotos da transamazonica e já venho…

  2. Dante
    03/12/2009 às 1:36 pm [+]

    Olha… gostei das estradas… tem umas que gostaria de conhecer eim!
    A transamazônica não entre neste hall?!

  3. Hellrider
    03/12/2009 às 10:58 pm [+]

    a 101 entra facil
    morre uma cara de gente
    o nome do tópico é “estradas perigosas” e nao “estradas ruins” apesar de algumas serem os dois

  4. hellrider
    03/12/2009 às 10:58 pm [+]

    só faltou uns mapinhas *_*

  5. maria lucia
    15/01/2011 às 2:51 am [+]

    cara são mesmo muito perigosas ,não quero conhecer nenhuma obrigado.

  6. Gláucia
    26/04/2011 às 12:57 pm [+]

    Quando fui a Machu Picchu andei passeando pela Rodovia Yunga…é de morte mesmo…. teve até deslizamento em frente ao nosso carro…

  7. decio alessandro
    26/08/2011 às 8:02 am [+]

    conheço a estrada da bolivia e a chilena,as 2 sao realmente perigosas,a boliviana mais que a chilena,so que no brasil tem muita estrada mais perigosas que a s 2 juntas.

  8. 47
    04/04/2012 às 9:13 pm [+]

    e possivel viajar de carro ate ao brasil ? partindo de portugal ?

  9. Ricardo Gadelha
    04/04/2012 às 11:05 pm [+]

    Olá 47. Infelizmente isso não é possível. Tem o Atlântico no meio do caminho, a menos que você embarque o carro num navio.

  10. zezinho
    12/06/2012 às 2:15 pm [+]

    apesar dos perigos gostei das estradas………..é tudo um barato

  11. marcos
    02/08/2012 às 3:35 pm [+]

    o cara fazer uma cuva desa a 200 porhora nao vira enborca

Comente!