Uma das competições esportivas que mais crescem atualmente é o estilo de luta conhecido por MMA (Mixed Martial Arts, ou Artes Marciais Mistas), famoso no Brasil como Vale-Tudo. Embora a olhos leigos pareça um esporte violento, a cada dia ele se torna mais profissional, com regras bem definidas, lutadores que são verdadeiros ídolos e um público crescente a cada novo evento.

MMA (vale tudo): Saiba tudo sobre o UFC e o Pride

Mas como surgiu o MMA? Os primeiros registros datam do séculoVII a.C., quando os gregos criaram o pankration, uma mistura de boxe com luta livre e que chegou a ser o esporte mais popular dos jogos Olímpicos da Antiguidade. Com a ascensão do Império Romano, o pankration entrou em declínio, dando lugar ao boxe e outros esportes mais difundidos no Império Romano.

O nascimento daquilo que se tornaria o embrião do MMA ocorreu somente no século passado, graças ao brasileiro Carlos Gracie, que aprendeu judô e o transformou de tal forma que criou uma nova modalidade chamada de jiu-jitsu. Para promover o jiu-jitsu, Gracie e seus irmãos criaram o Gracie Challenge, onde desafiavam lutadores de outras modalidades para mostrar como os lutadores de jiu-jitsu poderiam encarar oponentes de qualquer estilo de luta, e vencê-los. Não é à toa que os desafios eram conhecidos como Vale-Tudo.

MMA (vale tudo): Saiba tudo sobre o UFC e o Pride

Desde então, o esporte vem crescendo exponencialmente, seja em popularidade, estrutura ou quantidade de dinheiro envolvido. O primeiro grande evento de Vale-Tudo ocorreu em 1993: o Ultimate Fighting Championship (UFC), realizado nos Estados Unidos batendo recordes de audiência na TV paga. As primeira edições do UFC não tinham muitas regras: os lutadores sequer eram categorizados de acordo com o peso, não havia limite de tempo ou equipamentos de segurança. Era entrar no famoso ringue octogonal (The Octagon) e lutar até que seu oponente fosse nocauteado ou desistisse da luta.

Hoje, com a evolução natural das regras, o MMA tornou-se um esporte praticado em altíssimo nível, com regras rígidas que tem como principal objetivo manter a integridade física dos atletas e garantir para o público um excelente entretenimento. Embora não exista um órgão regulamentador central, as lutas de MMA há muito deixaram de ser um Vale-Tudo, seguindo algumas regras básicas:

-Os lutadores devem usar luvas de dedo aberto, que deverão ser fornecidas pelo evento;
-É obrigatório o uso de coquilha (acessório para proteção genital);
-É obrigatório o uso de protetor bucal;
-É permitido (mas não obrigatório) o uso de: sapatilhas, protetores para os joelhos, protetores para os cotovelos e bandagens para os tornozelos e punhos;
-Os lutadores não podem aplicar na pele produtos como óleo, vaselina etc.

Além disso, algumas regras de combate são estabelecidas. É proibido:

-Atingir a região genital;
-Morder;
-Por dedos nos olhos do oponente;
-Puxar cabelo;
-Atingir nuca (no Pride);
-Dar cotoveladas de cima para baixo;
-Dar qualquer tipo de cotovelada (no Pride);
-Dar cabeçada;
-Agarrar as cordas do ringue;
-Jogar o adversáriopara fora do ringue;
-Chutar o adversário quando ele estiver no chão (UFC);
-Pisar na cabeça do oponente;
-Dar pedaladas quando o adversário estiver com os joelhos no chão;

Os lutadores que deixarem a luta ‘amarrada’, não demonstrando agressividade, são advertidos e a luta é reiniciada. Se os dois lutadores estiverem no solo a ponto de sair do ringue, o juiz deve parar a luta e colocar os dois lutadores na mesma posição no centro do ringue.

A luta é finalizada quando:
-O lutador bate no tatame, indicando que não suporta mais o golpe
-O treinador joga a toalha no ringue
-O lutador desmaia ou o juiz decide que ele não pode mais continuar
-O lutador sangra, e o ferimento não é estancado pelo médico no tempo estabelecido
-O lutador viola as regras listadas acima
-O tempo de luta se esgota

Dada a aparente brutalidade do combate, é normal os lutadores terminarem a luta sangrando, mas por mais incrível que possa parecer, são apenas ferimentos superficiais, bem menos graves do que acontece no boxe, por exemplo, onde é comum lutadores encerrarem a carreira por conta de danos cerebrais, ocasionados por socos dados pelo tipo de luva que não machuca a pele, mas tem efeito devastador nos órgãos internos.

MMA (vale tudo): Saiba tudo sobre o UFC e o Pride

Dois grandes eventos dividiam a atenção dos fãs do MMA: o UFC e o Pride. Com a aquisição do Pride pelo UFC, todos as grandes lutas de MMA ficaram sob a tutela do UFC, sendo que a cada ano é realizado um grande evento reunindo os campeões do UFC e do extinto Pride.

As diferenças que existiam entre os 2 torneios eram pequenas, relativas apenas à duração dos combates e distribuição das categorias por peso, como você pode conferir abaixo:

UFC
Início: 1993
Local: Estados Unidos
Rounds: 5 rounds de cinco minutos (cinturão) ou 3 rounds de cinco minutos
Categorias: Lightweight (até 70,307kg)
Welterweight (até 77,111kg)
Middleweight (até 83,915kg)
Lightheavyweight (até 92,987kg)
Heavyweight (até 120,203kg)

Pride
Início: 1997
Local: Japão
Rounds: 1 round de dez minutos e 2 de cinco minutos
Categorias: Lightweight (até 70kg)
Welterweight (até 83kg)
Middleweight (até 93kg)
Heavyweight (acima de 93kg)

MMA (vale tudo): Saiba tudo sobre o UFC e o Pride

Sendo berço do jiu-jitsu, o Brasil logo se destacou no MMA, sempre trazendo lutadores de alto nível técnico para não só competir, mas também para se tornarem vencedores em qualquer categoria disputada. Entre os nomes a serem destacados estão o de Anderson Silva, Maurício Shogun, Murilo Ninja, Wanderlei Silva e Rodrigo Minotauro.

Veja nos vídeos abaixo porque o MMA tem tudo para tomar o lugar do boxe na preferência dos fãs de luta. Confira!

Saiba mais nos sites abaixo:
Como Funciona o MMA (Mixed Martial Arts)
BrazilMMA
Portal do Vale Tudo
MMA no Wikipédia

6 comentários

  1. JM Araujo
    16/05/2011 às 9:05 pm [+]

    MMA ou UFC tem sido para os amantes dos tatames um esporte com muita qualidade de organização… assim veremos lutas frequentemente. Já assistir ufc 01 ao UFC 128. Será que eu aprendia a gostar desse esporte maravilhoso? MUI BOM…

  2. allan
    12/04/2012 às 9:53 am [+]

    vamos anderson silva porrada neles

  3. francinei
    20/05/2012 às 4:48 pm [+]

    gosto bastante de lutas pra min com a criancao do mma o esporte ficou mais organizado parabems para os organizadores do ufc e prade grandes lutas maravinhas de evento falow

  4. brenda
    05/06/2012 às 10:45 am [+]

    sou muito doida por mma e treino tambem sou fã da gina gina campeãm

  5. micaele
    06/08/2012 às 3:11 pm [+]

    não é pra qualquer um*******
    ;]

  6. janice silva
    04/08/2013 às 8:46 pm [+]

    eu amo mma e sou fã do Anderson Silva u.u