Finalmente aconteceu a tão esperada festa do Oscar. A 80ª festa do cinema americano – a maior de todas da 8ª arte – foi, segundo José Wilker, mais justa que as anteriores. As opiniões são bem diferentes quando se trata de gostar de filmes.

oscar

O prêmio de melhor filme, por exemplo, foi dado a um filme em que eu não tenho menor vontade assistir: “Onde os Fracos não têm vez”. Já o filme “Juno” que assisti no cinema, é o preferido da platéia americana e ganhou apenas o Oscar de “Melhor Roteiro Original”.

Cinema 2008

Bem, pode ser que a Academia Americana de Cinema entenda mais que eu e que toda a platéia, não? Se quiser, clique aqui para ver todos os indicados ao Oscar ou siga em frente para ver os que venceram em 2008. Vamos aos prêmios:

Cinema 2008

Melhor Filme
“Onde Os Fracos Não Têm Vez”

Melhor Diretor
Ethan Coen e Joel Coen (“Onde Os Fracos Não Têm Vez”)

Cinema 2008

Melhor Ator
Daniel Day-Lewis (“Sangue Negro”)

Cinema 2008

Melhor Roteiro Original
“Juno” (Diablo Cody)

Melhor Documentário
“Taxi to the Dark Side”

Melhor Documentário de Curta-Metragem
“Freeheld”

Melhor Trilha Original
“Desejo e Reparação” (Dario Marianelli)

Melhor Fotografia
“Sangue Negro” (Robert Elswit)

Melhor Filme Estrangeiro
“Os Falsários” – “Die Fälscher” (Áustria)

Melhor Montagem
“O Ultimato Bourne” (Christopher Rouse)

Cinema 2008

Melhor Atriz
Marion Cotillard (“Piaf – Um Hino ao Amor”)

Melhor Mixagem de Som
“O Ultimato Bourne” (Scott Millan, David Parker e Kirk Francis)

Melhor Efeitos Sonoros
“O Ultimato Bourne” (Scott Millan & David Parker e Kirk Francis)

Melhor Roteiro Adaptado
“Onde Os Fracos Não Têm Vez” (Joel Coen e Ethan Coen)

Melhor Atriz Coadjuvante
Tilda Swinton (“Conduta de Risco”)

Melhor Curta de Animação
“Peter & the Wolf”

Melhor Curta Documentário
“Le Mozart des Pickpockets”

Melhor Ator Coadjuvante
Javier Bardem (“Onde Os Fracos Não Têm Vez”)

Melhor Direção de Arte
“Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” (Dante Ferretti)

Melhores Efeitos Visuais
“A Bússola de Ouro” (Michael L. Fink, Susan MacLeod, Bill Westenhofer e Ben Morri)

Melhor Maquiagem
“Piaf – Um Hino ao Amor” (Didier Lavergne e Loulia Sheppard)

Melhor Animação
“Ratatouille”

Melhor Figurino
“Elizabeth: A Era de Ouro” (Alexandra Byrne)

•••